Retângulo de cantos arredondados: SEQUELAS DA MENINGITE

	A meningite é uma doença infecciosa grave que quando é tratada de forma inadequada ou tardia pode deixar sequelas. Dentre as sequelas mais comuns estão:
Surdez
Dificuldade na aprendizagem
Perda da visão
Amputação de membros devido à gangrena gerada pelo agravamento das lesões na pele
Hidrocefalia
Convulsões
Perda do equilíbrio

	Fraqueza e perda da função de parte do corpo referente à região afetada do cérebro pela doença.

	Estas sequelas podem ocorrer quando há uma demora no diagnóstico da doença e consequentemente no início do seu tratamento. A inflamação nas meninges podem agravar-se e gerar pus, que não tem para onde escoar e acabam pressionando áreas nobres do tecido cerebral, podendo deixar sequelas neurológicas permanentes.
	Esse risco é minimizado quando há o diagnóstico precoce e pronto início do tratamento. Há um maior risco de meningite bacteriana deixar sequelas que a meningite viral.